<!-- Google Tag Manager (noscript) -->

<noscript><iframe src="https://www.googletagmanager.com/ns.html?id=GTM-N69PD2M"

height="0" width="0" style="display:none;visibility:hidden"></iframe></noscript>

<!-- End Google Tag Manager (noscript) -->

Já ouviu falar da PSD2 (Diretiva de Serviços de Pagamento 2)? 

Esta é a diretiva europeia revista que rege as regras nas transações de pagamentos online, e que afetam todos os participantes no mercado: comerciantes, consumidores e, acima de tudo, bancos e outras entidades de pagamento.  

Se tem uma loja online ou é um provedor de conteúdos, é importante entender os principais conceitos e implicações por detrás das mudanças nas estruturas regulatórias de pagamentos. 

A Diretiva de Serviços de Pagamento Ampliada

A Diretiva de Serviços de Pagamento Revista (PSD2) é um conjunto de leis e regulamentos para serviços de pagamento na União Europeia (UE) no Espaço Económico Europeu (EEE).  
Entrou em vigor em setembro de 2019 e trouxe mudanças significativas ao setorabriu o mercado para novos participantes e modelos de negócios, permitindo um nível mais  elevado de segurança nas transações de pagamento. 

O PSD2 afeta todos os participantes do ecossistema de pagamentos online:

A PSD2 é necessária? 

Desde o quadro regulamentar inicial de 2007PSD1que o objetivo da UE tem sido estimular um ambiente inovador e transparente no mercado europeu de serviços de pagamento e, simultaneamente, aumentar a qualidade dos processos e impedir a fraude. Desde então, o mercado cresceu significativamente, o que levou à extensão da diretiva inicial em 2019. 

  • Há cada vez mais fraude em pagamentos online na Europa: a fraude online representa agora 73% das mesmas na Europa e verifica-se um aumento.
  •  Ascensão da economia das APIs: as APIs são fundamentais para o sucesso das empresas de tecnologia e têm apoiado a criação de modelos de negócio totalmente novos, como, por exemplo, as fintech. As APIs possibilitam, com a PSD2, meios para que os serviços bancários e de pagamentos se tornem mais abertos. 
  • Novos modelos de negócios de pagamento: Desde PSD1, introduzida em 2007, o comércio online cresceuE, até recentemente, esses novos tipos de negócios não foram totalmente regulamentados. PSD2 fornece padrões e estrutura que permitem que essas novas empresas acedam a informação relativa a contas bancárias dos clientes. 

O que a PSD2 traz de novo?

O principal objetivo da diretiva é tornar o mercado europeu de pagamentos mais integrado, eficiente, reduzir custos. Este torna-se mais seguro para os consumidores. O objetivo passa por melhorar a igualdade de condições para os prestadores de serviços de pagamento e promover a concorrência no sistema, a partir de regras padronizadas. 

Mudanças importantes para vendedores online e provedores de pagamentos

Na UE, a PSD2 permite transações de pagamento para nãobancos (ou seja, terceiros).  

Dois novos tipos de entidades operam no mercado: 

  • Provedores de serviços de informações de contas (AISPs)
  • Provedores de serviços de iniciação de pagamento (PISPs)

A diferença entre estes é que os AISPs permitem ao consumidor ter uma visão global da sua situação financeira, acedendo a um ou mais pagamentos diferentes para cada titular e categorizando os seus gastos de acordo com diferentes tipologias.  
Os PISPs podem iniciar pagamentos ou transferências online diretamente da conta bancária do comprador por meio de um portal online. 

A abertura do mercado para novos provedores, novas soluções e aumento da concorrência impulsiona melhorias em termos de desenvolvimento de experiências de pagamento mais rápidas e suaves e redução dcustos de transações de pagamento. 

Ao mesmo tempo, aumenta a proteção do consumidor. Além de mais flexibilidade nos pagamentos online, PSD2 impõe padrões de segurança elevados para as transações. 

 É aqui que medidas como a implementação de SCA (Strong Customer Authentication) entram em vigor. 

Autenticação fortalecida

A PSD2 tem um requisito de autenticação mais forte do cliente (SCA). A SCA é necessária para validar o utilizador ou a transação para todos os pagamentos digitais.  

SCA envolve um processo de várias etapas, em que dois dos três elementos a seguir devem ser atendidos para validar a autenticação. 

Esses três elementos são herança, posse e conhecimento. 

Ou, em outras palavras, algo que o utilizador é, algo que ele possui e algo que este conhece. 

O foco nos requisitos de segurança reforçados para pagamentos digitais visa garantir a proteção das informações financeiras dos consumidores e prevenir fraudes. Isso, por sua vez, aumenta a confiança no mercado e contribui para seu crescimento. 

Especialista no mercado de pagamentos digitais, a Go4Mobility está comprometida em impulsionar o crescimento sustentado no mercado de pagamentos móveis para vendedores e comerciantes online, e oferecer uma experiência cada vez mais conveniente e segura para os consumidores. 

Paralelamente ao investimento contínuo numa experiência única de checkout e pagamentos, a Go4Mobility valoriza a proteção dos seus clientes e parceiros contra a insegurança cibernética, implementando medidas necessárias e trabalhando com fornecedores confiáveis ​​- como a empresa francesa Evina – para garantir que as transações sejam cada vez mais seguras e lucrativas. 

Se é comerciante online ou provedor de conteúdos está interessado em saber mais sobre PSD2 e os padrões de conformidade ou está interessado em saber mais sobre soluções e serviços de pagamentos que oferecemos em todo o mundo entre em contato aqui. Temos uma equipa de especialistas pronta para o ajudar! 

Artigo Anterior

A short guide to PSD2

Deixe uma Resposta

Scroll para o topo